Log in

Policial Civil é assassinado em São Gonçalo dos Campos e esposa é principal suspeita

  • Published in Bahia

Foi assassinado na noite de ontem, quinta-feira (20), o policial civil Mário Cesar Pedreira Filho, conhecido como “Marão”, que era lotado na cidade de Conceição de Feira e residente na cidade de São Gonçalo dos Campos, Região Metropolitana de Feira de Santana.


Em publicação no site Acorda Cidade, informações da polícia dão conta que a esposa dele, Meire Pedreira, é suspeita de ter atirado na boca da vítima, durante uma discussão. Ele morreu no local.

Ainda de acordo com o site, o levantamento cadavérico foi efetuado pela delegada de Feira de Santana, Dorean dos Reis Soares, e pelo delegado de São Gonçalo, Eugênio Filho. “Quando estávamos saindo do bairro Conder, onde estávamos realizando um levantamento cadavérico, recebemos a notícia de que o policial Mário Cesar tinha se suicidado. Imediatamente nos deslocamos para a cidade de São Gonçalo dos Campos e antes de chegarmos fomos informados de que não foi um suicídio, mas sim um homicídio”, disse a delegada, em entrevista ao Acorda Cidade.

Segundo ela, quando a equipe chegou, o policial estava caído no chão. “Nos deparamos com o corpo dele no chão com um tiro na boca. Localizamos a arma, uma pistola ponto 40 da Polícia Civil, e a apreendemos para ser periciada. É com muita tristeza que digo que a Polícia Civil está de luto. Infelizmente esse crime aconteceu. Foi durante uma briga dentro de casa e a mulher de Marão, Meire Pedreira, deflagrou um tiro que matou o policial”, informou Dorean dos Reis.

Segundo ela, Mário Cesar deixou dois filhos de 17 e 24 anos. A esposa fugiu.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Salvador Bahia

x
Página do facebook